{ "data": [ { "event_name": "Purchase", "event_time": 1646333953, "action_source": "email", "user_data": { "em": [ null ], "ph": [ null ] }, "custom_data": { "currency": "BRL", "value": 1.99 } } ] "test_event_code:" "TEST36492" }
 

Quem cuida de você?

Egoísta. Esse era o meu sentimento quando eu pensava que queria ter um tempo só para mim.


"Caramba, Carolina! O que mais você quer da vida?" - Juro que eu pensava isso. Me achava errada.


Mas olha só como eu me sentia. Talvez você se identifique em alguma parte: vivia cansada, reclamando de tudo, brigando com tudo e todos. Normalmente as brigas eram com as meninas…juntava o meu cansaço, com o cansaço delas, e virava uma bola de neve, gritos e choros por todos os lados. Minha paciência era inexistente.


Olhando para trás, vendo a situação de cima, eu não entendia que esse desgaste estava atrapalhando tudo ao meu redor. Meu relacionamento com a família, minha entrega no trabalho, minha saúde. Eu simplesmente achava que isso era o resultado de eu querer ser mãe, mulher, empreendedora. Tudo ao mesmo tempo, tudo junto e misturado. Tipo, pagando o preço.


Eu só via o desgaste, mas não via a solução.


Mas a vida ensina. Percebi com o tempo o meu limite. Muitas vezes esse limite chegava me derrubando de cama. Ficava doente. Era o corpo mostrando que se eu não parasse na força, eu seria parada, mesmo contra a minha vontade.


Eu precisava ficar em silêncio, conseguir escutar meus pensamentos, simplesmente dormir, falar em voz alta que eu estava cansada sem me sentir julgada, respirar fundo, ir ao banheiro em paz, comer aquela besteira sem precisar dividir…poderia ficar aqui listando tudo o que eu queria fazer para sempre, mas acho que vocês já entenderam.


É tão ruim querer isso? Depois de muita terapia entendi que isso não era egoísmo, mas sim, necessidade, no caso praticamente uma sobrevivência.


Eu precisava achar tempo e maneiras de ter um tempo só para mim. Esse tempo nada mais é do que ter 5 minutos para meditar, tirar um tempo para ir a academia, encontrar com uma amiga para almoçar, tirar um cochilo depois do almoço…são coisas simples, rápidas e esporádicas.


Aprenda a organizar o seu tempo, busque um trabalho que te permita ter liberdade de tempo, pois isso vai ajudar muito!


Você precisa de uma pequena dose delas por dia para recarregar suas energias, para cuidar de você.



É um abraço que você está dando em si mesma. Nós cuidamos de tantas coisas todos os dias, de tanta gente, porque não cuidar de nós mesmas?


Não é bonito ser "guerreira". Bonito é você saber pedir ajuda, saber quando parar, saber quando respirar, saber o que você quer, saber cuidar de você.


Se você não fizer isso, ninguém fará por você.


0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo